Núcleo de Tecnologia Educacional Marco Zero
Curso de Tutoria On-line
Tutores: Aline Cerqueira e Antonio Rangel
Cursistas: ANNA RUTH BORGES e Floracy Soares Ferreira
Macapá, 20 de Agosto de 2010
Etapa III
Atividade 3 – Texto Colaborativo
USANDO A FERRAMENTA WIKI

=

|| Elaboração de Texto Colaborativo

Objetivo:
Estamos criando um espaço para elaboração de um texto colaborativo.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
INSTRUÇOES PARA ESTA FERRAMENTA - WIKI
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
1 - Clique no LINK CARACTERISTICA DE UM TUTOR EM EAD
2 - Clique na palavra EDIT que se encontra ao seu lado direito na tela;
3 - Faça as modificações aonde vc quiser...
Obs: Cuidado para nao deletar todo o texto
4 - Clique na palavra Save (ao lado direito da tela)
5 - Para finalizar vc vai ler abaixo do tema:
CARACTERISTICA DE UM TUTOR EM EAD a
mensagem: The page has been updated
6 - Pronto. Seu o texto foi editado com suas modificações.

TEMA: CARACTERÍSTICA DE UM TUTOR EaD
A educação a distancia enquanto diferenciada mostra e se apropria das ferramentas tecnológicas e da interatividade da web 2.0 para o seu sucesso e traz o tutor como um facilitador do processo de ensino e aprendizagem, além de ser um motivador do educando.
Acredito que o tutor é essencial para o sucesso de ensino e aprendizagem do aluno em EAD e seu maior compromisso é a formação e preparo de seus alunos em aprender de forma autônoma. Ele é aquele profissional que apóia e orienta o aluno no decorrer do curso, avalia, dá um feedback ao educando, motiva o aluno nas suas atividades deixando e fazendo com que ele seja um co-autor de sua aprendizagem através de sua participação e colaboração nos ambientes. Além disso, Demetrius eRosatelli acreditam que a interatividade, o dinamismo e a inovação são requisitos no desenvolvimento do exercício da função de tutor, certamente acrescentaria ai a flexibilidade gerencial do tutor em se tratando de seu tempo e seus recursos para realizar um bom trabalho em seu ambiente tecnológico.
Partindo desde princípio, cabe concordar com alguns autores que dizem "a tutoria caracteriza-se por seu caráter solidário e interativo, possibilitando o relacionamento da pessoa como um ser existente e vivenciado como eu, tu, nós e outros [...], inclusive para colocar-se "entre" outros, como uma presença que se põe intencionalmente”.EMERENCIANO, SOUSA e FREITAS, 2001: 7). Essa intencionalidade, segundo Emerenciano, Sousa e Freitas, (2001: 8) deverá estar carregada de atitudes motivacionais de valorização das iniciativas dos alunos; devolução das sistematizações de aprendizagem no tempo estabelecido; indicação das leituras complementares; estímulo ao posicionamento do aluno; auxílio nas interpretações de algum conteúdo; criação de um clima propício para que se problematize o estudado; propiciação situações que estimulem a reciprocidade entre os alunos e tutores; estímulo ao aluno na interação com o outro; uso de vários recursos para auxiliar na interpretação dos conteúdos.
Portanto, o tutor deve estar atento ao aluno quanto ao “acesso às ferramentas; experiências tecnológicas; preferências de aprendizagem; hábitos e capacidades de estudo; objetivos e propósitos pré-determinados; fatores de estilo de vida, que influenciam a aprendizagem; características pessoais”. No cenário que estamos, a Lei de Diretreizes e Bases da Educação, nº 9394/96, abre para os profissionais e estudantes uma perspectiva de crescimento e estudos autônomos, as instituições de EaD tem mostrado um comprometimento maior com a aprendizagem e o aluno desta modalidade sente isso, mas o tutor é o responsável por motivar esse aluno.

Observe o quadro e veja o comparativo das tarefas do tutorsegundo auguns autores

Belloni
(1999)
· orienta o aluno em seus estudos relativos ý disciplina pela qual é responsável,
· esclarece dúvidas e explica questões relativas aos conteúdos da disciplina,
em geral participa das atividades de avaliação.


.
Cherman e Bonini(2000)===== =====
· oferece apoio didático ao aluno,
· soluciona dúvidas,
· identifica características individuais,
· motiva os alunos,
· desperta interesses individuais e coletivos,
responsável pela avaliação.===== =====
Neder(2000)===== =====
· estimula e motiva o aluno,
· orientação acadêmica: contribui para o desenvolvimento da capacidade de organização das atividades e de auto-aprendizagem.
Universidade Virtual Brasileira-UVB (2000)===== =====
· mediador na comunidade de aprendizagem,
responsável pela motivação dos alunos e pela criação de oportunidades de aprendizagem===== =====
Universidade Católica de Brasília – UCB (2000)===== =====
· orientar trabalhos (projetos. Etc.), responder às perguntas dos alunos e comentar os trabalhos escritos;
· colaborar para a compreensão do material instrucional, através da discussão e levantamento de questões, esclarecendo pontos obscuros;
· ampliar temas das Unidades Didáticas pouco elaboradas;
· participar dos encontros presenciais;
· intermediar, quando necessário, as relações entre os estudantes e a coordenação do curso.
Lima e Rosatelli-STI===== =====
· ajudar o aluno a aprender a aprender;
· familiarizar o aluno com a metodologia do curso e o material didático;
· orientar os alunos em seus estudos;
· auxiliar o aluno no planejamento do seu estudo;
· ajudar o aluno a superar dificuldades, orientando-o na resolução de dúvidas, em consultas individuais ou em grupos;
· participar da evolução contínua do aluno;
· aplicar e proceder as avaliações, junto com o professor da disciplina;
· motivar o aluno para que ele seja o protagonista de seu aprendizado;
· estimular atitudes positivas em relação ao estudo;
· participar da avaliação do curso ou programa quanto a metodologia, a
orientação acadêmica e o material didático.

Fonte: Floracy Soares Ferreira**[1]**
Assim, deve compreender que além de suas funções, suas atribuições são:
comentar os trabalhos escritos; colaborar para a compreensão do material instrucional, através da discussão e levantamento de questões; esclarecer pontos obscuros; responder às perguntas dos alunos; ampliar temas das Unidades Didáticas pouco elaboradas; orientar trabalhos (projetos etc); participar dos encontros presenciais; intermediar, quando necessário, as relações entre os estudantes e a coordenação do curso. (EMERENCIANO, SOUSA e FREITAS, 2001: 11).Outro fator importante é o domínio que o tutor deve ter de informática básica pois acredita-se que é base para a sua atuação em seu ambiente virtual de aprendizagem. Em se tratando de ambiente o profissional da EaD deve propiciar um ambiente claro e flexível na busca de atender as necessidades dos alunos, orientar a utilização das diversas ferramentas de interatividade tais como os foruns, chats, e-mails, etc.
Segundo o prof. Carlos Alberto e outros autores o perfil do profissional de educação deve conter competências bem mas complexas, tais como:

  • Saber lidar com ritmos individuais diferentes dos alunos;
  • Apropriar-se de técnicas novas de elaboração do material didático impresso e do produzido por meios eletrônicos;
  • Dominar técnicas e instrumentos de avaliação, trabalhando em ambientes diversos daqueles já existentes no sistema presencial de educação;
  • Ter habilidades de investigação;
Utiliza técnicas variadas de investigação e propor esquemas mentais para criar uma nova cultura, indagadora e plena em procedimentos de criatividade.

Azevedo fala do papel do aluno nesta modalidade e relata que “ser um aluno online é mais do que aprender a surfar na Internet ou usar o correio eletrônico”. E tem razão, pois além deste conhecimento ele deve ser capaz de atender às demandas dos novos ambientes online de aprendizagem, é ser capaz de se perceber como parte de uma comunidade virtual de aprendizagem colaborativa e desempenhar o novo papel a ele reservado nesta comunidade de canais diversificados de interação como os ambientes virtuais de aprendizagem - AVA de variadas instituições, chat, fórum, rádio web, msn, e-mail, telefone, bibliotecas virtuais, ambientes de mídias audiovisual, entre outras como Flemming, Luz e Luz detalham e explicitam as síncronas e assíncronas da UVB – Universidade Virtual Brasileira.

Em linhas gerais, a atuação do tutor pode estimular, criar e recriar, virtualmente, e até em momentos presenciais, um ambiente de aprendizagem rico em trocas de experiências e assim a função colaboradora e interativa do tutor não se esgota no conteúdo.
olá Ruth, Realmente o papel que o tutor desempenha é de fundamental importância para o sucesso do curso. Você coloca acima segundo alguns autores que o trabalho de tutoria é: orientar, esclarecer, instigar, aplicar, participar, identificar, motivar...Estes são pontos chave que verdadeiramente o tutor deverá seguir.. carinhosamente, Rosilma
REFERÊNCIAS
AZEVEDO, Wilson. Panoroma atual da Educação a Distância no Brasil. Revista EducaçãoNet. Agosto, 2000. Disponível em:<http://www.escolanet.com.br/sala_leitura/ead_online.html> Acesso em: 03/08/10.
EMERENCIANO, Mª. do S. Jordão. SOUSA , Carlos A. Lopes de. e FREITAS, Lêda G. de. Ser Presença como Educador, Professor e Tutor Artigo da Colabor@ - Revista Digital da CVA -RICESU ISSN 1519-8529, Curitiba, v.1, n.1 - p. 4-11, agosto 2001. Disponível em:<http://www2.abed.org.br/visualizaDocumento.asp?Documento_ID=81> Acessado em:05/08/2010.
FLEMMING, Diva Marília, LUZ, Elisa Flemming & LUZ, Renato André. Monitorias e tutorias: um trabalho cooperativo na educação a distância. Disponível em: <http://www2.abed.org.br/visualizaDocumento.asp?Documento_ID=64> Acesso em: 04/08/2010.
GUTIÉRREZ, Francisco, PIETRO, Daniel (1994). A mediação pedagógica. Campinas, SP: Papirus, 1994, p.55;148.
LIMA, Demetrius Ribeiro. e ROSATELI, Marta Costa. Um Sistema Tutor Inteligente para um Ambiente Virtual de Ensino Aprendizagem. Disponível em <http://www.webensino.com.br/pdf/Artigo_STI.pdf > Acesso em: 04/08/2010.
RIBEIRO, José Carlos S. e JUCÁ, Vládia Jamile. Hipertextualidade e Cultura Contemporânea. Disponível em: <http://www.facom.ufba.br/hipertexto/ cultura.html >. Acesso em: 02 de agosto de 2010.

[1]Tabela copiada do acervo da Biblioteca do ambiente e-proinfo: curso de Tutoria On line_Tutores do Proinfo Integrado II e III, contribuição da aluna Floracy Soares, Turma I, Etapa 1: A Questão da Tutoria.